questão migrante continua a criar tensões na Europa.

Em comunicado conjunto Itália, Malta, Chipre e Gréciaos países de primeira entrada na Europa no Mediterrâneo, eles definem “lamentável e decepcionante” o descumprimento dos acordos de realocação. “Infelizmente o número de compromissos de realocação recrutados pelos Estados-Membros participantes representa apenas um fração muito pequena do número real de chegadas irregulares“, diz a nota. O mecanismo, acrescentam, provou ser “lento” para aliviar a pressão sobre os “países da linha de frente”.

window.fbAsyncInit=function(){FB.init({appId:’1532776643650316′,xfbml:true,version:’v2.2′});}; (function(d,s,id){var js,fjs=d.getElementsByTagName(s)[0];if(d.getElementById(id)){return;}js=d.createElement(s);js.id=id;js.src=”



Source link

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *