WASHINGTON (AP) – O painel da Câmara que investiga o ataque de 6 de janeiro ao Capitólio dos Estados Unidos está considerando recomendar ao Departamento de Justiça que persiga três acusações criminais contra o ex-presidente Donald Trump, incluindo insurreição.

O painel também está considerando recomendar aos promotores a acusação de obstrução de um processo oficial e conspiração para fraudar os Estados Unidos, disse uma pessoa familiarizada com o assunto à Associated Press. As deliberações do comitê continuaram na sexta-feira, e nenhuma decisão foi formalizada sobre quais acusações específicas o comitê encaminharia ao Departamento de Justiça.

O painel deve se reunir publicamente na segunda-feira, onde a recomendação será tornada pública.

As deliberações foram confirmadas à AP por uma pessoa familiarizada com o assunto que não pode discutir o assunto publicamente pelo nome e falou sob condição de anonimato. Uma segunda pessoa familiarizada com as deliberações confirmou que o comitê estava considerando três acusações.

A decisão de emitir referências não é inesperada. A deputada Liz Cheney, R-Wyo., Vice-presidente do comitê, há meses sugere enviar encaminhamentos criminais ao Departamento de Justiça com base nas extensas evidências que o painel de nove membros reuniu desde que foi formado em julho de 2021.

Embora o Congresso possa enviar denúncias criminais ao Departamento de Justiça, cabe, em última análise, aos promotores federais prosseguir com as acusações.

Ao longo de sua investigação, o comitê fez recomendações de que vários membros do círculo íntimo de Trump deveriam ser processados ​​por se recusarem a cumprir as intimações do Congresso.



Source link

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *