KYIV, Ucrânia – Havia a sensação de uma celebração de “vitória” em Kyiv. Uma multidão pequena, mas barulhenta, cantando canções, agitando bandeiras e cantando slogans. Tudo segue a entrada de tropas ucranianas na cidade de Kherson, no sul, após mais de oito meses de ocupação russa.

Os moradores emocionados da própria Kherson não perderam tempo para sair, acenar bandeiras e abraçar seus salvadores… Soldados ucranianos.

Reunião marcando a entrada de soldados ucranianos em Kherson.
(Notícias da raposa)

Em um discurso na TV, o presidente ucraniano Zelenskyy chamou o momento de “histórico”.

ZELENSKYY DA UCRÂNIA DIZ KHERSON ‘NOSSA’ APÓS RETIRO RUSSO

Mais cedo, tropas russas foram vistas se escondendo sobre uma ponte flutuante improvisada para chegar à margem oposta do rio ainda ocupada pelos russos.

“Nenhuma perda de militares foi permitida”, observou um porta-voz militar russo.

Ainda assim, acredita-se que alguns soldados podem ter sido deixados para trás e estão se transformando em “civis” para tentar se misturar à multidão.

A Ucrânia fará um trabalho rápido com eles, nos disseram em uma ligação do Zoom com o prefeito da cidade vizinha de Mykolaiv.

Reunião marcando a entrada de soldados ucranianos em Kherson.

Reunião marcando a entrada de soldados ucranianos em Kherson.
(Notícias da raposa)

CADERNO DO REPÓRTER: EQUIPAMENTO ANTIGO PARA COMBATER A GUERRA DA UCRÂNIA ATUAL

“Estamos prontos para avançar e limpar nossas terras de todos os ocupantes”, disse Oleksander Senkevych.

Os eventos em Kherson não são boas notícias para o presidente russo Putin e sua invasão da Ucrânia. Ele foi decididamente discreto durante a semana passada.

Como testemunhamos, porém, foi uma notícia fantástica para um país que procurava algum tipo de descanso depois de ser castigado por meses de luta.

CADERNO DO REPÓRTER: GUERRA “FRIA” EM KYIV ENQUANTO A RÚSSIA ATINGE A INFRAESTRUTURA DE ENERGIA DO PAÍS

E sentindo-se especialmente atingido à medida que o inverno se aproxima, à medida que os ataques russos atingem a rede elétrica aqui.

Perguntamos a uma jovem no comício improvisado em Kyiv como ela se sentia. “Incrível”, ela respondeu. “Kherson?” Eu perguntei. “Ucrânia!” ela respondeu.

Perguntei a outro cavalheiro por que ele estava tão feliz, ao que ele respondeu: “Porque Kherson está livre!”

Reunião marcando a entrada de soldados ucranianos em Kherson.

Reunião marcando a entrada de soldados ucranianos em Kherson.
(Notícias da raposa)

E havia uma senhora que geralmente mora em Kherson e está em Kyiv há cinco meses para fugir dos russos. Ela me disse que não acreditava que essa reviravolta fosse acontecer.

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR O APLICATIVO FOX NEWS

“Sinta o clima”, disse ela. Na verdade, estava sazonalmente quente naquela noite. “Assim como minha casa em Kherson”, explicou ela.

O fato é que muitos temem que isso seja provavelmente apenas uma breve pausa dos ventos frios da guerra, que continuam a açoitar a Ucrânia.





Source link

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *